• EDITORIAL

    "Jaguaribara tem sim opção cultural, o que falta é engajamento da população para apreciá-la".

  • DENÚNCIA

    Usado como proposta política, CVT está hoje em estado de calamidade. Prefeitura se posiciona

  • IMPRENSA

    Mídia mundial em Jaguaribara

  • ESPORTE

    Jogador reclama de falta de bolas para futebol

  • segunda-feira, 14 de agosto de 2017


    FOTO: REPRODUÇÃO/O POVO

    O Castanhão está com volume de água correspondente a 4,77% da capacidade, o mais baixo nível desde 2004, quando o reservatório encheu pela primeira vez. Em dois meses, o maior açude do Brasil perdeu tudo que recebeu no ano e viu o volume  baixar ainda mais.

    Açude Público Padre Cícero, mais conhecido como Açude Castanhão, é uma represa brasileira construída no leito do rio Jaguaribe, no estado do Ceará. O açude está localizado em Jaguaribara, embora atinja outros municípios.

    Representa importante mecanismo de controle das secas e das cheias sazonais que atingem o vale do Jaguaribe, assim como, cresce em importância para o restante do Ceará, enquanto reserva hídrica estratégica para o Estado.

    Suas águas são vocacionadas para o uso na agricultura irrigada, piscicultura, pesca (esportiva e de subsistência), lazer náutico, assim como, através da construção do Canal da Integração, este açude terá suas águas levadas para abastecimento da população da Grande Fortaleza e para o Complexo Portuário do Pecém, onde permitirá a implantação de um polo industrial. Não há uso atual como fonte hidroelétrica desta barragem.

    A capacidade de armazenamento do Castanhão é de 6.700.000.000 m³, o que o coloca como o maior açude para múltiplos usos da América Latina. Sozinho, ele tem 37% de toda a capacidade de armazenamento dos 8.000 reservatórios cearenses

    Castanhão atinge menor nível da história

    Posted at  segunda-feira, agosto 14, 2017  |  in  Água  |  Continue lendo ...»


    FOTO: REPRODUÇÃO/O POVO

    O Castanhão está com volume de água correspondente a 4,77% da capacidade, o mais baixo nível desde 2004, quando o reservatório encheu pela primeira vez. Em dois meses, o maior açude do Brasil perdeu tudo que recebeu no ano e viu o volume  baixar ainda mais.

    Açude Público Padre Cícero, mais conhecido como Açude Castanhão, é uma represa brasileira construída no leito do rio Jaguaribe, no estado do Ceará. O açude está localizado em Jaguaribara, embora atinja outros municípios.

    Representa importante mecanismo de controle das secas e das cheias sazonais que atingem o vale do Jaguaribe, assim como, cresce em importância para o restante do Ceará, enquanto reserva hídrica estratégica para o Estado.

    Suas águas são vocacionadas para o uso na agricultura irrigada, piscicultura, pesca (esportiva e de subsistência), lazer náutico, assim como, através da construção do Canal da Integração, este açude terá suas águas levadas para abastecimento da população da Grande Fortaleza e para o Complexo Portuário do Pecém, onde permitirá a implantação de um polo industrial. Não há uso atual como fonte hidroelétrica desta barragem.

    A capacidade de armazenamento do Castanhão é de 6.700.000.000 m³, o que o coloca como o maior açude para múltiplos usos da América Latina. Sozinho, ele tem 37% de toda a capacidade de armazenamento dos 8.000 reservatórios cearenses

    Liceu José Furtado de Macedo (Foto: Reprodução)

    Nesta segunda-feira, 14 de agosto, foi divulgada a lista de alunos que passaram para a 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Ao todo, 27 estudantes jaguaribarenses da escola estadual de Ensino Médio Liceu José Furtado de Macedo avançaram para a próxima etapa do certame.

    A OBMEP é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - IMPA - e tem como objetivo estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área. A prova da 2ª Fase será em 16 de setembro a partir das 14:30h no Liceu José Furtado de Macedo.

    Veja a lista com os classificados para a próxima etapa da Olimpíada por ordem alfabética: 

    ADRIANA SOUZA SOARES
    ANDRE ANTONIO CAVALCANTE MAIA
    ANTONIA EDUARDA FERNANDES CARNEIRO
    CARLOS GUILHERME NUNES CARNEIRO DANIEL
    EMILLI JOICE SALDANHA DIOGENES
    ERISVALDO DIOGO GENES MAIA
    FRANCISCA ROSANA FERNANDES OLIVEIRA
    FRANCISCO ALISON LIMA ALMEIDA
    FRANCISCO CICERO DA SILVA
    INARA SANGELA RABELO DA SILVA
    JOSE MARTINS XAVIER NETO
    JOSEBE ALVES BARROS
    LAISSA MARIA DIOGENES ALMEIDA
    MAINARA MARTINS SALDANHA
    MARCIA KEULY BARBOSA JOSIAS
    MARIA BEATRIZ MOURA FERREIRA
    MARIA GABRIELA DIOGENES DE AQUINO
    MARIA MADALENA GIRAO DA SILVA
    MARIA VITORIA DE ALMEIDA BESERRA
    MARIANNE MARTINS DA SILVA
    PAULO HENRIQUE BANDEIRA DE S SOUSA
    RAFAEL FERNANDES OLIVEIRA
    RAISSA NEVES DE OLIVEIRA
    RUAN FERREIRA MALAQUIAS
    TALLES GOMES DA SILVA
    ULISSES MARTINS DA COSTA
    VITOR MANOEL VIANA ALVES

    Com informações do Portal da OBMEP.

    27 estudantes jaguaribareses são classificados para a 2ª fase da OBMEP: veja a lista

    Posted at  segunda-feira, agosto 14, 2017  |  in  Educação  |  Continue lendo ...»

    Liceu José Furtado de Macedo (Foto: Reprodução)

    Nesta segunda-feira, 14 de agosto, foi divulgada a lista de alunos que passaram para a 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Ao todo, 27 estudantes jaguaribarenses da escola estadual de Ensino Médio Liceu José Furtado de Macedo avançaram para a próxima etapa do certame.

    A OBMEP é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - IMPA - e tem como objetivo estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área. A prova da 2ª Fase será em 16 de setembro a partir das 14:30h no Liceu José Furtado de Macedo.

    Veja a lista com os classificados para a próxima etapa da Olimpíada por ordem alfabética: 

    ADRIANA SOUZA SOARES
    ANDRE ANTONIO CAVALCANTE MAIA
    ANTONIA EDUARDA FERNANDES CARNEIRO
    CARLOS GUILHERME NUNES CARNEIRO DANIEL
    EMILLI JOICE SALDANHA DIOGENES
    ERISVALDO DIOGO GENES MAIA
    FRANCISCA ROSANA FERNANDES OLIVEIRA
    FRANCISCO ALISON LIMA ALMEIDA
    FRANCISCO CICERO DA SILVA
    INARA SANGELA RABELO DA SILVA
    JOSE MARTINS XAVIER NETO
    JOSEBE ALVES BARROS
    LAISSA MARIA DIOGENES ALMEIDA
    MAINARA MARTINS SALDANHA
    MARCIA KEULY BARBOSA JOSIAS
    MARIA BEATRIZ MOURA FERREIRA
    MARIA GABRIELA DIOGENES DE AQUINO
    MARIA MADALENA GIRAO DA SILVA
    MARIA VITORIA DE ALMEIDA BESERRA
    MARIANNE MARTINS DA SILVA
    PAULO HENRIQUE BANDEIRA DE S SOUSA
    RAFAEL FERNANDES OLIVEIRA
    RAISSA NEVES DE OLIVEIRA
    RUAN FERREIRA MALAQUIAS
    TALLES GOMES DA SILVA
    ULISSES MARTINS DA COSTA
    VITOR MANOEL VIANA ALVES

    Com informações do Portal da OBMEP.


    Há nove anos, a jaguaibarense Maysa Cavalcante foi diagnosticada com câncer de pele. Ela nunca desistiu e sempre fez da fé sua maior companhia para seguir em frente. Necessitando urgentemente dos medicamentos que custam mais de R$ 50.000 mensais, amigos e familiares lançaram a campanha Pela vida de Maysa no Facebook. Você pode ajudá-la!

    DOE QUALQUER VALOR NOS SEGUINTES BANCOS:
    CAIXA ECONÔMICA
    Conta Poupança: 31994-6
    Agência: 0605

    Operação: 013
    Favorecida: Maria Moura Sousa Alves
    BANCO DO BRASIL
    Conta Poupança: 12660-8
    Agência: 1294-7

    Favorecida: Maria B. Cavalcante

    BRADESCO
    Conta Poupança: 4703-1
    Agência: 2875

    Operação: 013
    Favorecida: Marluce da Silva Alves


    Saiba como contribuir na campanha "Pela vida de Maysa"

    Posted at  segunda-feira, agosto 14, 2017  |  in  Solidariedade  |  Continue lendo ...»


    Há nove anos, a jaguaibarense Maysa Cavalcante foi diagnosticada com câncer de pele. Ela nunca desistiu e sempre fez da fé sua maior companhia para seguir em frente. Necessitando urgentemente dos medicamentos que custam mais de R$ 50.000 mensais, amigos e familiares lançaram a campanha Pela vida de Maysa no Facebook. Você pode ajudá-la!

    DOE QUALQUER VALOR NOS SEGUINTES BANCOS:
    CAIXA ECONÔMICA
    Conta Poupança: 31994-6
    Agência: 0605

    Operação: 013
    Favorecida: Maria Moura Sousa Alves
    BANCO DO BRASIL
    Conta Poupança: 12660-8
    Agência: 1294-7

    Favorecida: Maria B. Cavalcante

    BRADESCO
    Conta Poupança: 4703-1
    Agência: 2875

    Operação: 013
    Favorecida: Marluce da Silva Alves


    domingo, 13 de agosto de 2017

    Em 2014, Jaguaribara em Foco noticiou o 2º ataque ao BB em
    12 de dezembro. (Foto: Arquivo/2014)
    O site Tribuna do Ceará informou que o Banco do Brasil anunciou o fechamento de cinco agências cearenses, entre elas a localizada em Jaguaribara.

    A agência do município se tornou alvo de criminosos, sendo que em 2014 o banco foi explodido duas vezes no mesmo ano. Em novembro de 2016, após reestruturação do estabelecimento, um novo ataque impossibilitou o funcionamento da estatal, que até hoje está sem funcionar.

    Este ano, 41 agências já foram atacadas no Ceará, 36 delas no interior. Como se não bastasse a insegurança, o Banco do Brasil já anunciou que vai fechar agências em cinco cidades: Madalena, Pedra Branca, Jaguaribara, Pindoretama e Itapiúna.

    No entanto, a secretária de desenvolvimento econômico de Jaguaribara Lívia Israela Barreto da Silva contrariou a notícia divulgada pelo site cearense. No Facebook, ela disse:



    O Gerente Ednaldo informou que a reforma do prédio e reposição dos equipamentos estará acontecendo nos próximos meses, através do processo de licitação. A previsão para a conclusão e retorno da atividades será dada até março de 2018. Inicialmente a agência voltará sem o "papel moeda", ou seja, com transações financeiras como pagamentos, transferências e outras contratações, de forma presencial ou através dos caixas de autoatendimento.


    Em julho deste ano, jaguaribarenses em movimento organizado pelo Sinsemj (Sindicato dos Servidores Públicos de Jaguaribara) juntamente com movimentos sociais paralisaram um 1km da rodovia federal BR-116 no triângulo que interliga vários municípios do Vale do Jaguaribe. Um dos estopins da paralisação foi motivado pelo fechamento da agência do Banco do Brasil na cidade, como mostra a foto abaixo uma faixa manifestava repúdio ao fechamento da agência em Jaguaribara. Linhas de ônibus tiveram suas rotas atrasadas e pneus foram queimados na pista.
    Foto: Divulgação/Sinsemj

    Quando uma agência é fechada no interior, o saldo para os moradores é bastante negativo. Eles têm de se deslocar para outras cidades para conseguir atendimento bancário, e o movimento no comércio diminui.

    Com informações de Tribuna do Ceará


    Secretária nega notícia sobre fechamento de agência do Banco do Brasil em Jaguaribara

    Posted at  domingo, agosto 13, 2017  |  in  Economia  |  Continue lendo ...»

    Em 2014, Jaguaribara em Foco noticiou o 2º ataque ao BB em
    12 de dezembro. (Foto: Arquivo/2014)
    O site Tribuna do Ceará informou que o Banco do Brasil anunciou o fechamento de cinco agências cearenses, entre elas a localizada em Jaguaribara.

    A agência do município se tornou alvo de criminosos, sendo que em 2014 o banco foi explodido duas vezes no mesmo ano. Em novembro de 2016, após reestruturação do estabelecimento, um novo ataque impossibilitou o funcionamento da estatal, que até hoje está sem funcionar.

    Este ano, 41 agências já foram atacadas no Ceará, 36 delas no interior. Como se não bastasse a insegurança, o Banco do Brasil já anunciou que vai fechar agências em cinco cidades: Madalena, Pedra Branca, Jaguaribara, Pindoretama e Itapiúna.

    No entanto, a secretária de desenvolvimento econômico de Jaguaribara Lívia Israela Barreto da Silva contrariou a notícia divulgada pelo site cearense. No Facebook, ela disse:



    O Gerente Ednaldo informou que a reforma do prédio e reposição dos equipamentos estará acontecendo nos próximos meses, através do processo de licitação. A previsão para a conclusão e retorno da atividades será dada até março de 2018. Inicialmente a agência voltará sem o "papel moeda", ou seja, com transações financeiras como pagamentos, transferências e outras contratações, de forma presencial ou através dos caixas de autoatendimento.


    Em julho deste ano, jaguaribarenses em movimento organizado pelo Sinsemj (Sindicato dos Servidores Públicos de Jaguaribara) juntamente com movimentos sociais paralisaram um 1km da rodovia federal BR-116 no triângulo que interliga vários municípios do Vale do Jaguaribe. Um dos estopins da paralisação foi motivado pelo fechamento da agência do Banco do Brasil na cidade, como mostra a foto abaixo uma faixa manifestava repúdio ao fechamento da agência em Jaguaribara. Linhas de ônibus tiveram suas rotas atrasadas e pneus foram queimados na pista.
    Foto: Divulgação/Sinsemj

    Quando uma agência é fechada no interior, o saldo para os moradores é bastante negativo. Eles têm de se deslocar para outras cidades para conseguir atendimento bancário, e o movimento no comércio diminui.

    Com informações de Tribuna do Ceará



    Há nove anos, a jaguaibarense Maysa Cavalcante foi diagnosticada com câncer de pele. Ela nunca desistiu e sempre fez da fé sua maior companhia para seguir em frente. Necessitando urgentemente dos medicamentos que custam mais de R$ 50.000 mensais, amigos e familiares lançaram a campanha Pela vida de Maysa no Facebook.

    Diante da urgência de seu caso e da agressividade do tumor, a família resolveu buscar apoio da justiça. Na última quinta-feira (10), através de uma liminar judicial, o plano de saúde, que havia negado o tratamento a Maysa, terá que conceder os medicamentos. No entanto, não se sabe se essa liminar é definitiva, tendo em vista que o plano de saúde ainda não foi citado no processo.

    Foto: Divulgação/Pela vida de Maysa
    Os dois remédios do tratamento receitados pelos médicos são o Vemurafenib, que custa R$ 7.700, e dura uma semana, ou seja, R$ 30.800 para um mês, e o Cobimetinib, que custa 19.500 e dura 28 dias. A soma dos medicamentos totaliza um valor de mais de R$ 50.o00 para um mês de tratamento e precisam ser tomados de forma associada. Eles não podem ser comprados diretamente no laboratório: é solicitada a compra dos medicamentos e eles são entregues na residência através de uma transportadora. Os medicamentos só podem ser comprados com quantidade mínima para um mês, pois menos que isso não há efeito algum.

    Apesar da popularidade da campanha nas redes sociais, até o dia 11 de agostos as doações somaram um valor de R$ 19.564,31. No mesmo dia, Maysa teve uma convulsão e seus movimentos do lado esquerdo foram comprometidos, sendo necessário a compra de uma cadeira de rodas.

    Para ajudar Maysa nessa luta, doe qualquer valor nas contas apresentadas a seguir:

    Outra opção para doação é através da CAIXA ECONÔMICA:

    Caixa Econômica (conta da cunhada)
    Conta Poupança: 31994-6
    Agência: 0605
    ...
    Operação: 013
    Favorecida: Maria Moura Sousa Alves



    Pela vida de Maysa: você pode ajudá-la

    Posted at  domingo, agosto 13, 2017  |  in  Solidariedade  |  Continue lendo ...»


    Há nove anos, a jaguaibarense Maysa Cavalcante foi diagnosticada com câncer de pele. Ela nunca desistiu e sempre fez da fé sua maior companhia para seguir em frente. Necessitando urgentemente dos medicamentos que custam mais de R$ 50.000 mensais, amigos e familiares lançaram a campanha Pela vida de Maysa no Facebook.

    Diante da urgência de seu caso e da agressividade do tumor, a família resolveu buscar apoio da justiça. Na última quinta-feira (10), através de uma liminar judicial, o plano de saúde, que havia negado o tratamento a Maysa, terá que conceder os medicamentos. No entanto, não se sabe se essa liminar é definitiva, tendo em vista que o plano de saúde ainda não foi citado no processo.

    Foto: Divulgação/Pela vida de Maysa
    Os dois remédios do tratamento receitados pelos médicos são o Vemurafenib, que custa R$ 7.700, e dura uma semana, ou seja, R$ 30.800 para um mês, e o Cobimetinib, que custa 19.500 e dura 28 dias. A soma dos medicamentos totaliza um valor de mais de R$ 50.o00 para um mês de tratamento e precisam ser tomados de forma associada. Eles não podem ser comprados diretamente no laboratório: é solicitada a compra dos medicamentos e eles são entregues na residência através de uma transportadora. Os medicamentos só podem ser comprados com quantidade mínima para um mês, pois menos que isso não há efeito algum.

    Apesar da popularidade da campanha nas redes sociais, até o dia 11 de agostos as doações somaram um valor de R$ 19.564,31. No mesmo dia, Maysa teve uma convulsão e seus movimentos do lado esquerdo foram comprometidos, sendo necessário a compra de uma cadeira de rodas.

    Para ajudar Maysa nessa luta, doe qualquer valor nas contas apresentadas a seguir:

    Outra opção para doação é através da CAIXA ECONÔMICA:

    Caixa Econômica (conta da cunhada)
    Conta Poupança: 31994-6
    Agência: 0605
    ...
    Operação: 013
    Favorecida: Maria Moura Sousa Alves



    Unidade Básica de Saúde Maria da Conceição Saraiva Saldanha. (Foto: Divulgação)


    A Unidade Básica de Saúde Maria da Conceição Saraiva Saldanha foi inaugurada sexta-feira, 4 de agosto, na zona rural do município, após 5 anos em construção. A secretária de saúde do município Ianny Dantas estima que a unidade beneficiará 901 jaguaribarenses, principalmente aqueles que residem na Vila Mineiro, Sítio Sossego, Fazenda Residência, Gado Bravo, Fazenda Macambira, Felicidade, Sabiá, Fazenda da Serra, Belas Flores, Triangulo da Velha Jaguaribara, Sítio Baltazar, Caraúbas, Flores, Peões, Barra, Cabeça da Égua, Poço e Palmeiras. 

    Ianny Dantas ainda informou a Jaguaribara em Foco que "essa unidade foi fruto de uma adesão ao Programa de Requalificação UBS, o qual e uma estratégia do Ministério da Saúde para a estruturação e o fortalecimento da Atenção Básica. Por meio desse programa, teremos uma  estrutura física das unidades básicas de saúde mais acolhedoras e dentro dos melhores padrões de qualidade".

    Primeiro atendimento de saúde bucal desde a construção da
    UBS ño Mandacaru e Lajes. (Foto: Divulgação)
    Com esse serviço, a população terá mais acesso as ações de promoção, prevenção e tratamentos relacionados à saúde da mulher, da criança, assim como saúde mental, planejamento familiar, prevenção de câncer, pré-natal e cuidado de doenças crônicas como diabetes, hipertensão, bem como curativos, inalações, vacinas, tratamentos odontológicos, recebimento de medicação básica e encaminhamentos para atendimentos com especialistas.                       

    Após 5 anos, UBS é inaugurada na zona rural de Jaguaribara

    Posted at  domingo, agosto 13, 2017  |  in  Saúde  |  Continue lendo ...»

    Unidade Básica de Saúde Maria da Conceição Saraiva Saldanha. (Foto: Divulgação)


    A Unidade Básica de Saúde Maria da Conceição Saraiva Saldanha foi inaugurada sexta-feira, 4 de agosto, na zona rural do município, após 5 anos em construção. A secretária de saúde do município Ianny Dantas estima que a unidade beneficiará 901 jaguaribarenses, principalmente aqueles que residem na Vila Mineiro, Sítio Sossego, Fazenda Residência, Gado Bravo, Fazenda Macambira, Felicidade, Sabiá, Fazenda da Serra, Belas Flores, Triangulo da Velha Jaguaribara, Sítio Baltazar, Caraúbas, Flores, Peões, Barra, Cabeça da Égua, Poço e Palmeiras. 

    Ianny Dantas ainda informou a Jaguaribara em Foco que "essa unidade foi fruto de uma adesão ao Programa de Requalificação UBS, o qual e uma estratégia do Ministério da Saúde para a estruturação e o fortalecimento da Atenção Básica. Por meio desse programa, teremos uma  estrutura física das unidades básicas de saúde mais acolhedoras e dentro dos melhores padrões de qualidade".

    Primeiro atendimento de saúde bucal desde a construção da
    UBS ño Mandacaru e Lajes. (Foto: Divulgação)
    Com esse serviço, a população terá mais acesso as ações de promoção, prevenção e tratamentos relacionados à saúde da mulher, da criança, assim como saúde mental, planejamento familiar, prevenção de câncer, pré-natal e cuidado de doenças crônicas como diabetes, hipertensão, bem como curativos, inalações, vacinas, tratamentos odontológicos, recebimento de medicação básica e encaminhamentos para atendimentos com especialistas.                       

    sexta-feira, 11 de agosto de 2017


    Francisco Cavalcante é um dos cearenses que disputarão uma das três vagas destinadas ao ensino médio.
    Foto: Rodrigo Brasil/IFCE
    Francisco Cavalcante de Sousa, aluno do curso técnico em Eletromecânica do IFCE campus Jaguaribe  é um dos pré-selecionados entre os finalistas do Parlamento Jovem Brasileiro, organizado pela Câmara dos Deputados em parceria com as secretarias estaduais de Educação. O Programa é realizado anualmente e tem o intuito de revelar novas lideranças jovens ao redor do País, destacando alunos das escolas de ensino médio, públicas e particulares, para que vivam durante um dia uma experiência do processo democrático, mediante a participação em uma sessão na Câmara Federal, tomando posse e sendo parlamentar durante um dia.

    No estado do Ceará, 50 jovens se inscreveram e doze estão entre os pré-selecionados para três vagas. Uma das vagas entre os doze finalistas do estado foi conquistada por Francisco de Sousa, que também é aluno regular do Escola de Ensino Fundamental e Médio Raul Barbosa, e ingressou no curso técnico em Eletromecânica do IFCE campus Jaguaribe através do processo seletivo 2016.1. A final do Parlamento Jovem Brasileiro está marcada para esta segunda-feira, 14 de agosto, quando serão escolhidos os estudantes que viverão a experiência de parlamento na Câmara dos Deputados, na Capital Federal.

    Proposta legislativa
    Para a participação no programa, Francisco de Sousa criou um projeto legislativo para fortalecimento do programa Bolsa Família. Segundo o estudante, a proposta visa a incluir como condicionamento do Bolsa Família o alcance da média de rendimento escolar dos alunos beneficiários de no mínimo 60%. “Dessa forma, oportunizaria maior empenho dos alunos beneficiados e acompanhamento com sua própria aprendizagem. Além disso, os pais poderão cobrar e auxiliar seus filhos para o cumprimento dessa condicionalidade, melhorando o rendimento dos alunos e, de uma forma global, a própria educação no País”, ressalta.

    Formulação do Projeto
    Na formulação do projeto, Francisco contou com o apoio da professora do IFCE Rita Carolina Gondim da Fônseca Jerônimo. "A professora Rita Carolina deu toda a consultoria relacionada à discussão legislativa. Ela conversou e indicou a bibliografia em Educação que contribui para a estruturação do projeto. A gente conversou bastante a respeito dos temas relacionados à questão discursiva à respeito de Educação, o que fortalece a ideia e a torna viável como proposta parlamentar”, destaca Francisco.
    A professora Rita Carolina Gondim destaca que a construção do projeto em torno da melhoria do Programa Bolsa Família por Francisco Souza foi muito importante para a formação do aluno. "Tivemos alguns encontros em que ele contextualizou com propriedade questões sobre educação brasileira, mostrando interesse e preocupação", ressalta. Para Rita Carolina, a construção do texto, como um todo, oportunizou ao aluno o exercício de uma perspectiva de análise crítica para sua formação como estudante, além de situá-lo no contexto político, social e econômico do panorama atual em Educação: "Fiquei bastante feliz e orgulhosa em poder contribuir. O aluno Francisco Cavalcante está de parabéns".



    Aluno é pré-selecionado para Parlamento Jovem Brasileiro

    Posted at  sexta-feira, agosto 11, 2017  |  in  Francisco Cavalcante  |  Continue lendo ...»


    Francisco Cavalcante é um dos cearenses que disputarão uma das três vagas destinadas ao ensino médio.
    Foto: Rodrigo Brasil/IFCE
    Francisco Cavalcante de Sousa, aluno do curso técnico em Eletromecânica do IFCE campus Jaguaribe  é um dos pré-selecionados entre os finalistas do Parlamento Jovem Brasileiro, organizado pela Câmara dos Deputados em parceria com as secretarias estaduais de Educação. O Programa é realizado anualmente e tem o intuito de revelar novas lideranças jovens ao redor do País, destacando alunos das escolas de ensino médio, públicas e particulares, para que vivam durante um dia uma experiência do processo democrático, mediante a participação em uma sessão na Câmara Federal, tomando posse e sendo parlamentar durante um dia.

    No estado do Ceará, 50 jovens se inscreveram e doze estão entre os pré-selecionados para três vagas. Uma das vagas entre os doze finalistas do estado foi conquistada por Francisco de Sousa, que também é aluno regular do Escola de Ensino Fundamental e Médio Raul Barbosa, e ingressou no curso técnico em Eletromecânica do IFCE campus Jaguaribe através do processo seletivo 2016.1. A final do Parlamento Jovem Brasileiro está marcada para esta segunda-feira, 14 de agosto, quando serão escolhidos os estudantes que viverão a experiência de parlamento na Câmara dos Deputados, na Capital Federal.

    Proposta legislativa
    Para a participação no programa, Francisco de Sousa criou um projeto legislativo para fortalecimento do programa Bolsa Família. Segundo o estudante, a proposta visa a incluir como condicionamento do Bolsa Família o alcance da média de rendimento escolar dos alunos beneficiários de no mínimo 60%. “Dessa forma, oportunizaria maior empenho dos alunos beneficiados e acompanhamento com sua própria aprendizagem. Além disso, os pais poderão cobrar e auxiliar seus filhos para o cumprimento dessa condicionalidade, melhorando o rendimento dos alunos e, de uma forma global, a própria educação no País”, ressalta.

    Formulação do Projeto
    Na formulação do projeto, Francisco contou com o apoio da professora do IFCE Rita Carolina Gondim da Fônseca Jerônimo. "A professora Rita Carolina deu toda a consultoria relacionada à discussão legislativa. Ela conversou e indicou a bibliografia em Educação que contribui para a estruturação do projeto. A gente conversou bastante a respeito dos temas relacionados à questão discursiva à respeito de Educação, o que fortalece a ideia e a torna viável como proposta parlamentar”, destaca Francisco.
    A professora Rita Carolina Gondim destaca que a construção do projeto em torno da melhoria do Programa Bolsa Família por Francisco Souza foi muito importante para a formação do aluno. "Tivemos alguns encontros em que ele contextualizou com propriedade questões sobre educação brasileira, mostrando interesse e preocupação", ressalta. Para Rita Carolina, a construção do texto, como um todo, oportunizou ao aluno o exercício de uma perspectiva de análise crítica para sua formação como estudante, além de situá-lo no contexto político, social e econômico do panorama atual em Educação: "Fiquei bastante feliz e orgulhosa em poder contribuir. O aluno Francisco Cavalcante está de parabéns".



    segunda-feira, 24 de julho de 2017

    Reunião com o Secretário de Educação do Estado Ildivan Alencar tratando vários assuntos, entre eles reformas do CVT e implementação de cursos técnicos. (Foto: Reprodução/Facebook)

    A Prefeitura Municipal de Jaguaribara (PMJ) teve conhecimento da reportagem de “Jaguaribara em Foco” e através de seus secretários de governo firmaram esclarecimentos acerca da atual situação do prédio do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) do município. A PMJ confirma a possibilidade de funcionamento da unidade, o que pode ocorrer num futuro próximo.

    Foto: Jaguaribara em Foco
    No dia 21 de julho “Jaguaribara em Foco” denunciou o estado de calamidade do CVT que é de responsabilidade da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Governo do Estado do Ceará através do Centec. Para ver a reportagem completa clique aqui. Apesar da revitalização do CVT ter sido utilizado como proposta de governo de muitos candidatos ao Executivo Municipal, os jaguaribarenses nunca foram contemplados com o funcionamento da unidade.

    Ontem (23/07) após repercussão da reportagem de Jaguaribara em Foco, o secretário municipal de educação João Paulo Fernandes Leite através de suas redes sociais disse que o prefeito Joacy Júnior, o próprio secretário de educação e a secretária de desenvolvimento econômico do município em audiência com o Secretário de Educação do Estado do Ceará Ildivan Alencar firmaram o compromisso de reformar o prédio e ofertar cursos para a unidade.

    A secretária de desenvolvimento econômico Livia Israela Barreto da Silva também se pronunciou sobre o assunto:
    “[...] Logo quando assumimos a gestão do início do ano, fomos procurar apoio para a reabertura do CVT, porém, fomos informados que os mesmos seriam desativados no Estado, e foi o que aconteceu: 26 [unidades do] CVTs foram fechadas. Então, fomos buscar novas parcerias, mas lembrando de que o prédio e os equipamentos não pertencem à prefeitura, e sim ao Estado. Para resumir essa história, o secretário [de educação] João Paulo Fernandes esteve com o Secretário Estadual de Educação, como já explicou no comentário acima, após essa reforma entraremos com cursos de graduação e técnicos através de instituições públicas de ensino, como a UFC [Universidade Federal do Ceará] através de Dr. Odorico de Moraes que está nos apoiando nessa batalha. Para finalizar, tudo isso que coloquei nessa postagem, já havia sido repassado para a população em nosso programa de rádio na Jaguaribara FM."

    No dia da publicação da reportagem citada anteriormente “Jaguaribara em Foco” procurou o secretário de educação do município, João Paulo Fernandes Leite, que por sua vez, informou que se reuniu com o responsável para trazer cursos concomitantes e de extensão voltados à comunidade. O mesmo ainda disse que o município não está contemplado na lista das unidades do CVT que atuarão neste ano, o que inviabiliza a tomada de iniciativas por parte da prefeitura, pois a prioridade no momento é o ensino regular, especificamente a reformas de escolas e a construção de novas salas de aulas. Segundo João Paulo, para que haja o funcionamento da unidade do CVT no município é necessária à transferência de responsabilidade sobre a execução do projeto, ou seja, a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado deve passar a supervisão da unidade para a Secretaria de Educação do Estado, o que até o momento não aconteceu.


    Prefeitura dá esclarecimentos sobre situação do CVT e confirma sua ‘reabertura’

    Posted at  segunda-feira, julho 24, 2017  |  in  Governo Municipal  |  Continue lendo ...»

    Reunião com o Secretário de Educação do Estado Ildivan Alencar tratando vários assuntos, entre eles reformas do CVT e implementação de cursos técnicos. (Foto: Reprodução/Facebook)

    A Prefeitura Municipal de Jaguaribara (PMJ) teve conhecimento da reportagem de “Jaguaribara em Foco” e através de seus secretários de governo firmaram esclarecimentos acerca da atual situação do prédio do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) do município. A PMJ confirma a possibilidade de funcionamento da unidade, o que pode ocorrer num futuro próximo.

    Foto: Jaguaribara em Foco
    No dia 21 de julho “Jaguaribara em Foco” denunciou o estado de calamidade do CVT que é de responsabilidade da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Governo do Estado do Ceará através do Centec. Para ver a reportagem completa clique aqui. Apesar da revitalização do CVT ter sido utilizado como proposta de governo de muitos candidatos ao Executivo Municipal, os jaguaribarenses nunca foram contemplados com o funcionamento da unidade.

    Ontem (23/07) após repercussão da reportagem de Jaguaribara em Foco, o secretário municipal de educação João Paulo Fernandes Leite através de suas redes sociais disse que o prefeito Joacy Júnior, o próprio secretário de educação e a secretária de desenvolvimento econômico do município em audiência com o Secretário de Educação do Estado do Ceará Ildivan Alencar firmaram o compromisso de reformar o prédio e ofertar cursos para a unidade.

    A secretária de desenvolvimento econômico Livia Israela Barreto da Silva também se pronunciou sobre o assunto:
    “[...] Logo quando assumimos a gestão do início do ano, fomos procurar apoio para a reabertura do CVT, porém, fomos informados que os mesmos seriam desativados no Estado, e foi o que aconteceu: 26 [unidades do] CVTs foram fechadas. Então, fomos buscar novas parcerias, mas lembrando de que o prédio e os equipamentos não pertencem à prefeitura, e sim ao Estado. Para resumir essa história, o secretário [de educação] João Paulo Fernandes esteve com o Secretário Estadual de Educação, como já explicou no comentário acima, após essa reforma entraremos com cursos de graduação e técnicos através de instituições públicas de ensino, como a UFC [Universidade Federal do Ceará] através de Dr. Odorico de Moraes que está nos apoiando nessa batalha. Para finalizar, tudo isso que coloquei nessa postagem, já havia sido repassado para a população em nosso programa de rádio na Jaguaribara FM."

    No dia da publicação da reportagem citada anteriormente “Jaguaribara em Foco” procurou o secretário de educação do município, João Paulo Fernandes Leite, que por sua vez, informou que se reuniu com o responsável para trazer cursos concomitantes e de extensão voltados à comunidade. O mesmo ainda disse que o município não está contemplado na lista das unidades do CVT que atuarão neste ano, o que inviabiliza a tomada de iniciativas por parte da prefeitura, pois a prioridade no momento é o ensino regular, especificamente a reformas de escolas e a construção de novas salas de aulas. Segundo João Paulo, para que haja o funcionamento da unidade do CVT no município é necessária à transferência de responsabilidade sobre a execução do projeto, ou seja, a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado deve passar a supervisão da unidade para a Secretaria de Educação do Estado, o que até o momento não aconteceu.


    sábado, 22 de julho de 2017

    Foto: Reprodução/Jaguaribara em Foco
    Preservar a memória de um povo é de suma importância para sua consolidação socioespacial. Falar em memória coletiva é falar de nossa própria identidade, afinal somos todos seres históricos e é a junção de referências passadas que formam a sociedade em que nos inserimos hoje. Tais referências constituem o nosso patrimônio cultural. No entanto, acabamos não valorizando como devia esse importante bem que podemos chamar de nosso.

    O município de Jaguaribara é dono de uma riqueza histórica imensurável. Conhecido por lutar diante as dificuldades, o povo jaguaribarense sempre resistiu aos retrocessos sociopolíticos colocados em seu caminho. Desde a notícia da construção da Barragem do Castanhão até os dias de hoje, o mesmo povo se une e persiste na luta com coragem e esperança na busca do tão prometido e sonhado progresso. Nesse contexto, perpetuar nossas raízes e riquezas históricas para as gerações futuras é uma obrigação da população enquanto conjunto de cidadãos críticos. E nós estamos fazendo isso?

    Afirmar que Jaguaribara não tem cultura é uma hipocrisia exacerbada. Jaguaribara tem sim opção cultural, o que falta é engajamento da população para apreciá-la. O nosso município é rico nessa questão. Sim, história também é riqueza e não está à venda como qualquer outro bem cultural. Precisamos valorizar o que temos e se orgulhar disso, porque o ser humano, de maneira geral, tende a valorizar algo apenas quando perde. Não vamos esquecer-nos de nossa memória coletiva, pois ela é o que nos mantém unidos no mesmo barco, na mesma reivindicação e na mesma vitória.

    A Casa da Memória de Jaguaribara, que estava sem funcionar há algum tempo, hoje está de portas abertas para receber moradores e visitantes. No mesmo recinto funciona a Biblioteca Municipal, espaço este dedicado a leitura e a concentração. Opções gratuitas e culturais que nem todos dão a devida importância, mas que mesmo assim estão disponíveis de segunda a sexta-feira das 7h30min ás 13h30min em frente ao Terminal Rodoviário. 

    Visite a Casa da Memória, reviva as trajetórias de nossos ancestrais e conheça sua própria história, pois ela é sua principal fonte de inspiração.


    Você pode marcar visitas no período da tarde e nos finais de semana, desde que tenha um agendamento prévio. Entre em contato aqui!


    Francisco Cavalcante de Sousa
    Editor-chefe de "Jaguaribara em Foco"

    Editorial: Jaguaribara tem sim opção cultural, o que falta é engajamento da população para apreciá-la.

    Posted at  sábado, julho 22, 2017  |  in  Editorial  |  Continue lendo ...»

    Foto: Reprodução/Jaguaribara em Foco
    Preservar a memória de um povo é de suma importância para sua consolidação socioespacial. Falar em memória coletiva é falar de nossa própria identidade, afinal somos todos seres históricos e é a junção de referências passadas que formam a sociedade em que nos inserimos hoje. Tais referências constituem o nosso patrimônio cultural. No entanto, acabamos não valorizando como devia esse importante bem que podemos chamar de nosso.

    O município de Jaguaribara é dono de uma riqueza histórica imensurável. Conhecido por lutar diante as dificuldades, o povo jaguaribarense sempre resistiu aos retrocessos sociopolíticos colocados em seu caminho. Desde a notícia da construção da Barragem do Castanhão até os dias de hoje, o mesmo povo se une e persiste na luta com coragem e esperança na busca do tão prometido e sonhado progresso. Nesse contexto, perpetuar nossas raízes e riquezas históricas para as gerações futuras é uma obrigação da população enquanto conjunto de cidadãos críticos. E nós estamos fazendo isso?

    Afirmar que Jaguaribara não tem cultura é uma hipocrisia exacerbada. Jaguaribara tem sim opção cultural, o que falta é engajamento da população para apreciá-la. O nosso município é rico nessa questão. Sim, história também é riqueza e não está à venda como qualquer outro bem cultural. Precisamos valorizar o que temos e se orgulhar disso, porque o ser humano, de maneira geral, tende a valorizar algo apenas quando perde. Não vamos esquecer-nos de nossa memória coletiva, pois ela é o que nos mantém unidos no mesmo barco, na mesma reivindicação e na mesma vitória.

    A Casa da Memória de Jaguaribara, que estava sem funcionar há algum tempo, hoje está de portas abertas para receber moradores e visitantes. No mesmo recinto funciona a Biblioteca Municipal, espaço este dedicado a leitura e a concentração. Opções gratuitas e culturais que nem todos dão a devida importância, mas que mesmo assim estão disponíveis de segunda a sexta-feira das 7h30min ás 13h30min em frente ao Terminal Rodoviário. 

    Visite a Casa da Memória, reviva as trajetórias de nossos ancestrais e conheça sua própria história, pois ela é sua principal fonte de inspiração.


    Você pode marcar visitas no período da tarde e nos finais de semana, desde que tenha um agendamento prévio. Entre em contato aqui!


    Francisco Cavalcante de Sousa
    Editor-chefe de "Jaguaribara em Foco"

    sexta-feira, 21 de julho de 2017

    Evento aconteceu no Liceu José Furtado de Macedo.
    Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Jaguaribara

    A Secretaria Municipal de Saúde de Jaguaribara realizou ontem (20/07) a 7ª Conferência Municipal de Saúde de Jaguaribara concomitantemente com a 1ª Conferência Municipal em Vigilância em Saúde. O evento é o primeiro realizado pela nova equipe da saúde da Prefeitura Municipal que tem como secretária a enfermeira Ianny Diassis Dantas.

    Em sua primeira conferência a frente da secretaria, Ianny Dantas ressalta que as propostas apresentadas no evento chamam a atenção para a realidade de Jaguaribara, enfatizando a participação popular como atuante nos processos de saúde e o controle social e de vigilância desenvolvido na área.
    Ianny Dantas, secretária de saúde, apresenta o evento no auditório do Liceu.
    Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Jaguaribara
    Com o tema “A saúde que temos e a saúde que queremos”, o evento propôs discutir eixos temáticos, como a atenção à saúde, a vigilância à saúde e o controle social.

    Objetivando reunir pessoas para questões e problemáticas, assim como levantar soluções, prioridades e propostas para o bem comum, as Conferências contaram com a participação da população, servidores da área da saúde, coordenadores regionais do setor, representantes do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (COSEMS), a própria gestão municipal, assim como lideranças políticas locais.

    Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Jaguaribara
    A Secretaria Municipal de Saúde do Município avaliou o momento como “de avaliação e análise da situação de saúde do município, bem como de rica discussão com a construção de propostas para a elaboração do Plano Municipal de Saúde para quadriênio 2018-2022”. Na oportunidade, o grupo com o eixo temático da vigilância em saúde discutiu e propôs ações para as próximas Conferências da Vigilância em Saúde, que terão fases regional, estadual e federal, envolvendo todo o país.  

    Em conferência, jaguaribarenses discutem demandas para melhorias na saúde do município

    Posted at  sexta-feira, julho 21, 2017  |  in  Saúde  |  Continue lendo ...»

    Evento aconteceu no Liceu José Furtado de Macedo.
    Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Jaguaribara

    A Secretaria Municipal de Saúde de Jaguaribara realizou ontem (20/07) a 7ª Conferência Municipal de Saúde de Jaguaribara concomitantemente com a 1ª Conferência Municipal em Vigilância em Saúde. O evento é o primeiro realizado pela nova equipe da saúde da Prefeitura Municipal que tem como secretária a enfermeira Ianny Diassis Dantas.

    Em sua primeira conferência a frente da secretaria, Ianny Dantas ressalta que as propostas apresentadas no evento chamam a atenção para a realidade de Jaguaribara, enfatizando a participação popular como atuante nos processos de saúde e o controle social e de vigilância desenvolvido na área.
    Ianny Dantas, secretária de saúde, apresenta o evento no auditório do Liceu.
    Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Jaguaribara
    Com o tema “A saúde que temos e a saúde que queremos”, o evento propôs discutir eixos temáticos, como a atenção à saúde, a vigilância à saúde e o controle social.

    Objetivando reunir pessoas para questões e problemáticas, assim como levantar soluções, prioridades e propostas para o bem comum, as Conferências contaram com a participação da população, servidores da área da saúde, coordenadores regionais do setor, representantes do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (COSEMS), a própria gestão municipal, assim como lideranças políticas locais.

    Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Jaguaribara
    A Secretaria Municipal de Saúde do Município avaliou o momento como “de avaliação e análise da situação de saúde do município, bem como de rica discussão com a construção de propostas para a elaboração do Plano Municipal de Saúde para quadriênio 2018-2022”. Na oportunidade, o grupo com o eixo temático da vigilância em saúde discutiu e propôs ações para as próximas Conferências da Vigilância em Saúde, que terão fases regional, estadual e federal, envolvendo todo o país.  

    A situação é de abandono.
    Foto: Jaguaribara em Foco 
    O Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Jaguaribara está em estado de calamidade. O recinto era cedido à prefeitura, mas hoje se encontra abandonado e com estrutura deteriorada. “Jaguaribara em Foco” foi ao local e flagrou cenário nada educacional.

    Há mais de 17 anos a população de Jaguaribara aguarda o início das atividades do CVT. O prédio foi construído em conjunto com a cidade planejada, em 2001, mas pela demora na compra dos equipamentos – o que aconteceu somente em 2006 - a prefeitura autorizou o funcionamento da Escola Municipal de Tempo Integral Tapete Mágico no mesmo espaço.

    A partir dos seus CVTs, unidades operacionais comandadas pela Diretoria de Extensão Tecnológica e Inovação - DETI, o Instituto CENTEC oferece cursos de formação inicial e continuada de trabalhadores em diversas áreas. Mas mesmo com prédio pronto e equipamentos, a unidade nunca funcionou em Jaguaribara.

    Juju participou de reunião em março.
    Foto: www.
    desimbloglio.blogspot.com.br/ 
    Em março deste ano, o prefeito do município Joacy Alves dos Santos Júnior, Juju (PSDB) participou de reunião com o diretor de Controle e Risco do BNB, Nicola Miccione, o superintendente de Políticas e Desenvolvimento, Fran Bezerra e o superintendente do BNB no Ceará, Jorge Antônio Bagdeve de Oliveira, como também outros prefeitos da região para discutir o assunto.


    Juju, por sua vez, observou o óbvio e disse que o CVT do município nunca funcionou, considerando oportuna a realização do estudo de desenvolvimento regional. Enquanto isso, o prefeito de Jaguaribe José Abner entregará 3 unidades em seu município.

    O antecessor de Juju, Franciní Guedes (PSDB), utilizou em sua campanha política a revitalização do CVT. Em março de 2014 ele participou de uma reunião com o Centec para resolver o “impasse”. Como na época a Prefeitura estava construindo um novo prédio para abrigar a Escola Tapete Mágico com inauguração prevista para abril de 2014, ficou decidido que a inauguração do CVT seria em junho do mesmo ano, após a realização de pequenos reparos e uma nova pintura no prédio. O diretor do Centec Ferrer Bezerra e o coordenador do CVT, Antonio Ximenes, realizaram visita técnica á Jaguaribara em novembro de 2014 para verificar o andamento da construção da nova estrutura. O novo calendário firmado adiou a inauguração e previa o início das atividades do CVT para janeiro de 2015.  
    Franciní chegou a receber direção do Centec em novembro de 2014.
    Foto: Divulgação/CENTEC

    O ex-prefeito Franciní Guedes chegou a afirmar na época está totalmente engajado na implantação da unidade do Centec, pois “o CVT é uma demanda de toda a população e é muito importante para o desenvolvimento de toda a região, fortalecendo a educação profissionalizante e, consequentemente, os mais diversos setores econômicos”. No entanto, os planos tomaram outros caminhos e Franciní terminou sua gestão sem inaugurar a unidade do CVT em Jaguaribara.

    O atual prefeito Juju também utilizou a revitalização do CVT como proposta na sua contenda eleitoral da campanha no ano passado, como mostra o seu plano de governo e discursos em palanques.


    Nesta sexta-feira (21/07), Jaguaribara em Foco foi à unidade do CVT em Jaguaribara localizada no centro da cidade na Rua Francisco Melanias Bezerra, s/nº. Por lá a situação é entristecedora, tendo em vista que grande parte da estrutura está comprometida, e outra destruída. 
    Na chegada ao local nos deparamos com muita sujeira.
    Foto: Jaguaribara em Foco

    Mesmo com portão trancado, há sinais de vandalismo.
    Foto: Jaguaribara em Foco
    No local há muita sujeira.
    Foto: Jaguaribara em Foco


    As vidraças da frente estão quebradas.
    Foto: Jaguaribara em Foco
    O CVT de Jaguaribara é de responsabilidade da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará através do Centec. 

    O secretário de educação de Jaguaribara João Paulo Fernandes Leite informou a Jaguaribara em Foco que se reuniu com o responsável para trazer cursos concomitantes para o Liceu José Furtado de Macedo e cursos de extensão voltados a comunidade. O mesmo ainda informou que o município não está contemplado na lista das unidades do CVT que atuarão neste ano, o que inviabiliza a tomada de iniciativas por parte da prefeitura, pois a prioridade no momento é o ensino regular, especificamente a reformas de escolas e a construção de novas salas de aulas. 

    Segundo João Paulo, para que haja o funcionamento da unidade do CVT no município é necessário a transferência de responsabilidade sobre a execução do projeto, ou seja, a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado deve passar a supervisão da unidade para a Secretaria de Educação do Estado, o que até o momento não aconteceu. 

    Esta reportagem contou como fontes as publicações de Centec (2014), Desimbloglio (2017) e Centec-CVT (s. d.).


    Atualização:
    Após ter conhecimento da reportagem de Jaguaribara em Foco, a Prefeitura Municipal de Jaguaribara se pronunciou sobre o assunto. Veja aqui.

    Usado como proposta política, CVT está hoje em estado de calamidade

    Posted at  sexta-feira, julho 21, 2017  |  in  Politíca  |  Continue lendo ...»

    A situação é de abandono.
    Foto: Jaguaribara em Foco 
    O Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Jaguaribara está em estado de calamidade. O recinto era cedido à prefeitura, mas hoje se encontra abandonado e com estrutura deteriorada. “Jaguaribara em Foco” foi ao local e flagrou cenário nada educacional.

    Há mais de 17 anos a população de Jaguaribara aguarda o início das atividades do CVT. O prédio foi construído em conjunto com a cidade planejada, em 2001, mas pela demora na compra dos equipamentos – o que aconteceu somente em 2006 - a prefeitura autorizou o funcionamento da Escola Municipal de Tempo Integral Tapete Mágico no mesmo espaço.

    A partir dos seus CVTs, unidades operacionais comandadas pela Diretoria de Extensão Tecnológica e Inovação - DETI, o Instituto CENTEC oferece cursos de formação inicial e continuada de trabalhadores em diversas áreas. Mas mesmo com prédio pronto e equipamentos, a unidade nunca funcionou em Jaguaribara.

    Juju participou de reunião em março.
    Foto: www.
    desimbloglio.blogspot.com.br/ 
    Em março deste ano, o prefeito do município Joacy Alves dos Santos Júnior, Juju (PSDB) participou de reunião com o diretor de Controle e Risco do BNB, Nicola Miccione, o superintendente de Políticas e Desenvolvimento, Fran Bezerra e o superintendente do BNB no Ceará, Jorge Antônio Bagdeve de Oliveira, como também outros prefeitos da região para discutir o assunto.


    Juju, por sua vez, observou o óbvio e disse que o CVT do município nunca funcionou, considerando oportuna a realização do estudo de desenvolvimento regional. Enquanto isso, o prefeito de Jaguaribe José Abner entregará 3 unidades em seu município.

    O antecessor de Juju, Franciní Guedes (PSDB), utilizou em sua campanha política a revitalização do CVT. Em março de 2014 ele participou de uma reunião com o Centec para resolver o “impasse”. Como na época a Prefeitura estava construindo um novo prédio para abrigar a Escola Tapete Mágico com inauguração prevista para abril de 2014, ficou decidido que a inauguração do CVT seria em junho do mesmo ano, após a realização de pequenos reparos e uma nova pintura no prédio. O diretor do Centec Ferrer Bezerra e o coordenador do CVT, Antonio Ximenes, realizaram visita técnica á Jaguaribara em novembro de 2014 para verificar o andamento da construção da nova estrutura. O novo calendário firmado adiou a inauguração e previa o início das atividades do CVT para janeiro de 2015.  
    Franciní chegou a receber direção do Centec em novembro de 2014.
    Foto: Divulgação/CENTEC

    O ex-prefeito Franciní Guedes chegou a afirmar na época está totalmente engajado na implantação da unidade do Centec, pois “o CVT é uma demanda de toda a população e é muito importante para o desenvolvimento de toda a região, fortalecendo a educação profissionalizante e, consequentemente, os mais diversos setores econômicos”. No entanto, os planos tomaram outros caminhos e Franciní terminou sua gestão sem inaugurar a unidade do CVT em Jaguaribara.

    O atual prefeito Juju também utilizou a revitalização do CVT como proposta na sua contenda eleitoral da campanha no ano passado, como mostra o seu plano de governo e discursos em palanques.


    Nesta sexta-feira (21/07), Jaguaribara em Foco foi à unidade do CVT em Jaguaribara localizada no centro da cidade na Rua Francisco Melanias Bezerra, s/nº. Por lá a situação é entristecedora, tendo em vista que grande parte da estrutura está comprometida, e outra destruída. 
    Na chegada ao local nos deparamos com muita sujeira.
    Foto: Jaguaribara em Foco

    Mesmo com portão trancado, há sinais de vandalismo.
    Foto: Jaguaribara em Foco
    No local há muita sujeira.
    Foto: Jaguaribara em Foco


    As vidraças da frente estão quebradas.
    Foto: Jaguaribara em Foco
    O CVT de Jaguaribara é de responsabilidade da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará através do Centec. 

    O secretário de educação de Jaguaribara João Paulo Fernandes Leite informou a Jaguaribara em Foco que se reuniu com o responsável para trazer cursos concomitantes para o Liceu José Furtado de Macedo e cursos de extensão voltados a comunidade. O mesmo ainda informou que o município não está contemplado na lista das unidades do CVT que atuarão neste ano, o que inviabiliza a tomada de iniciativas por parte da prefeitura, pois a prioridade no momento é o ensino regular, especificamente a reformas de escolas e a construção de novas salas de aulas. 

    Segundo João Paulo, para que haja o funcionamento da unidade do CVT no município é necessário a transferência de responsabilidade sobre a execução do projeto, ou seja, a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado deve passar a supervisão da unidade para a Secretaria de Educação do Estado, o que até o momento não aconteceu. 

    Esta reportagem contou como fontes as publicações de Centec (2014), Desimbloglio (2017) e Centec-CVT (s. d.).


    Atualização:
    Após ter conhecimento da reportagem de Jaguaribara em Foco, a Prefeitura Municipal de Jaguaribara se pronunciou sobre o assunto. Veja aqui.

    Foto: Gazeta do Povo

    Lívia Israrela Barreto da Silva, secretária de desenvolvimento econômico, turismo e aquicultura, informou que emissoras de televisão internacionais vieram a Jaguaribara para cobrir a descoberta do filé de tilápia como curativos para queimaduras. A Veja classifica isso como "a nova promessa no tratamento de queimaduras". 

    Coleta dos peixes no açude Castanhão, em Jaguaribara, no Ceará.
    (Foto: Edmar Maciel Lima Jr.)
    A secretária ainda informou que entre as empresas televisivas que vieram ao município destacam-se emissoras dos Estados Unidos, Canadá e Japão, como também da Alemanha. Durante o programa da Prefeitura Municipal na rádio Jaguaribara FM, a equipe da secretaria apresentou suas ações nos primeiros 7 meses de atuação.

    Segundo Lívia, a vinda desses veículos internacionais para a cidade viabiliza a importância da nova descoberta a partir da piscicultura, assim como dar ênfase ao potencial da região para o cenário econômico e turístico mundial.  

    Tal situação coloca o município como opção para os investidores internacionais, favorecendo o desenvolvimento de nossa economia, que desde 2015 passa por intensas dificuldades devido, sobretudo, ao declínio da piscicultura e a seca que assola o Nordeste brasileiro. 

    A pele de tilápia é a nova promessa no tratamento de queimaduras. Desenvolvida no Ceará, a alternativa promete ser  melhor e mais barata em relação à terapia tradicional utilizada no Brasil.

    Jaguaribara recebe imprensa internacional para cobrir descoberta da pele da tilápia como curativo

    Posted at  sexta-feira, julho 21, 2017  |  in  Turismo  |  Continue lendo ...»

    Foto: Gazeta do Povo

    Lívia Israrela Barreto da Silva, secretária de desenvolvimento econômico, turismo e aquicultura, informou que emissoras de televisão internacionais vieram a Jaguaribara para cobrir a descoberta do filé de tilápia como curativos para queimaduras. A Veja classifica isso como "a nova promessa no tratamento de queimaduras". 

    Coleta dos peixes no açude Castanhão, em Jaguaribara, no Ceará.
    (Foto: Edmar Maciel Lima Jr.)
    A secretária ainda informou que entre as empresas televisivas que vieram ao município destacam-se emissoras dos Estados Unidos, Canadá e Japão, como também da Alemanha. Durante o programa da Prefeitura Municipal na rádio Jaguaribara FM, a equipe da secretaria apresentou suas ações nos primeiros 7 meses de atuação.

    Segundo Lívia, a vinda desses veículos internacionais para a cidade viabiliza a importância da nova descoberta a partir da piscicultura, assim como dar ênfase ao potencial da região para o cenário econômico e turístico mundial.  

    Tal situação coloca o município como opção para os investidores internacionais, favorecendo o desenvolvimento de nossa economia, que desde 2015 passa por intensas dificuldades devido, sobretudo, ao declínio da piscicultura e a seca que assola o Nordeste brasileiro. 

    A pele de tilápia é a nova promessa no tratamento de queimaduras. Desenvolvida no Ceará, a alternativa promete ser  melhor e mais barata em relação à terapia tradicional utilizada no Brasil.

    .
    --
    Copyright © 2013 Jaguaribara em Foco. Blogger Template by BloggerTheme9
    Proudly Powered by Blogger.
    back to top